Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
25/04/23 às 11h44 - Atualizado em 16/05/24 às 16h43

Perguntas Frequentes da SEFJ

O que é o programa Jovem Candango?

 

O Jovem Candango é um Programa do Governo do Distrito Federal (GDF) que visa promover a formação técnico-profissional, por meio de atividades práticas e teóricas, compatíveis com o desenvolvimento físico, moral e psicológico do aprendiz, incorporando a aprendizagem à Administração Pública, promovendo a convivência e fortalecimento de vínculos e garantindo a promoção da integração dos jovens ao mercado do trabalho.

Quais os requisitos para participar do Jovem Candango?

  • Ter idade entre 14 e 18 anos no ato da inscrição, exceto para Pessoa com Deficiência (a partir de 14 anos, sem idade limite).

  • Estar cursando regularmente o ensino fundamental ou médio em escola da rede pública de ensino do DF, ou instituição da rede privada de ensino na condição de bolsista, durante todo o tempo de vigência do contrato, salvo em caso de conclusão do Ensino Médio.

  • Pertencer a famílias com renda per capita de meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até 3 salários mínimos e estar inscritos no Cadastro Único dos Programas Sociais – Cadúnico/DF.

  • Oriundos de programas governamentais de erradicação do trabalho infantil no DF.

  • Residir no Distrito Federal durante todo o prazo de contrato, não sendo pago VT intermunicipal.

  • Familiares de vítimas, encaminhados pela Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso do Distrito Federal – FUNAP/DF.

  • Familiares de presos provisórios ou internados, condenados a penas privativas de liberdade, restritivas de direitos ou egressos do Sistema Penitenciário do Distrito Federal, encaminhados pela FUNAP/DF.

  • Jovens atendidos pela política pública distrital destinada ao resgate de jovens vítimas de violência sexual, denominada Vira Vida, conforme disposto na Lei n° 7.210, de 28 de dezembro de 2022.

  • Jovens órfãos de mulheres vítimas de feminicídio

 

 

Como são realizadas as inscrições?

As inscrições são realizadas pela internet. É necessário ficar sempre atento ao surgimento de novos editais para abertura do processo seletivo. Por isso, fique atento ao site da Secretaria de Estado da Família e Juventude do DF no endereço: https://familiaejuventude.df.gov.bem como ao site do Programa Jovem Candango no endereço: https://jovemcandango.org.br para ficar por dentro de todas as novidades em relação ao Programa.

Quais são as etapas do programa?

O programa Jovem Candango segue um fluxo de etapas obrigatórias até a efetivação do jovem junto ao programa conforme a ordem abaixo:

  1. Classificação

A classificação é feita baseada na seleção de inscrições realizadas exclusivamente no site www.jovemcandango.org.br, de acordo com pontuação divulgada no Edital.

  1. Eliminatória

Recebimento de Documentos para Comprovação dos dados informados no momento da inscrição.

  1. Contratação

Para efetivar a contração, o jovem deve pertencer à família com renda per capita de meio salário mínimo ou renda familiar de até três salários mínimos.

Quais os benefícios o Jovem Candango tem direito?

  • 01: Salário Mínimo Hora R$ 619,99

  • 02: Férias

  • 03: 13º Salário

  • 04: Vale Alimentação R$ 220,00

  • 05: Vale Transporte

  • 06: Seguro de Vida

  • 07: Uniforme e Crachá

 

 

Os Centros de Juventude estão funcionando?

 

Os Centros de Juventude são espaços públicos de referência no atendimento aos jovens do Distrito Federal. Nos locais são ofertados cursos de qualificação profissional nas áreas de: Assistente Administrativo – RH, Cuidador de idoso, Massoterapia, Culinária e Boas práticas para o primeiro emprego. Além dos cursos de qualificação profissional, os centros de juventude oferecem oficinas de Teatro, Karatê, Aulas de violão, Aulas da dança (Hip Hop) e Muay Thai.


No momento, a Secretaria da Família e Juventude aguarda os devidos trâmites processuais para renovação de contrato para a manutenção dos serviços.

 

 

O que é o Espaço da Juventude?

 

Os Centros de Juventude são espaços de convivência para a comunidade jovem que estimulam a prática de mobilização, participação e inclusão social.

 

Os espaços contemplam a Política Distrital de Atenção ao Jovem, instituída pela Lei n° 5.142/2013, sobretudo nos quesitos de integração dos programas, projetos e ações voltados para os jovens; aproveitamento dos equipamentos públicos voltados aos jovens; e na descentralização dos serviços com vista à universalização de acesso. Os CJ também são essenciais para apoiar o fortalecimento institucional das redes sociais e para promoção da consciência política e da valorização da identidade étnico-racial e cultural locais.

 

Os serviços são destinados ao atendimento de adolescentes e jovens de 15 a 29 anos residentes nas regionais.

 

Interessados em participar dos cursos e oficinas gratuitos ou no atendimento psicossocial podem se apresentar voluntariamente na unidade de interesse. Havendo vagas disponíveis, eles podem ser matriculados de imediato. As inscrições também podem ser realizadas por whatsapp, telefone ou site, conforme a gestão de cada unidade.